China continua entre os destaques em destino de exportação, com alta de 27,5%, mostra MDIC

O diretor de Estatísticas e Estudos de Comércio Exterior do Ministério de Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Herlon Brandão, destacou nesta sexta-feira, 1º de dezembro, que a China continua como destaque no destino das exportações brasileiras, atingindo 32,1% de participação em novembro (no grupo com Hong Kong e Macau), ante 25,4% registrada no ano passado.

Em valores vendidos, o aumento foi de 27,5% na comparação com igual mês em 2022.

No detalhamento de produtos que tiveram boa performance de vendas em novembro, Brandão ressaltou a soja, que, apesar da entressafra, teve valor de exportação 76% maior que o registrado em igual período do ano passado.

As exportações de aeronaves e equipamentos também foi destacada pelo técnico, já que os desembarques apresentam uma recuperação em relação a 2022, com uma alta de 28,2% no acumulado do ano.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes