COP 28: Colômbia anuncia que não firmará novos contratos de exploração de combustíveis fósseis

O presidente da Colômbia, Gustavo Petro, anunciou neste sábado, 2, que o país não irá firmar novos contratos de exploração de combustíveis fósseis, como petróleo e gás. A afirmação de Petro aconteceu na 28ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP 28), que ocorre em Dubai, nos Emirados Árabes.

"A Colômbia decidiu não assinar mais contratos de exploração de carvão, petróleo e gás. Isso não significa que ficaremos sem petróleo, carvão e gás, porque já existem estes combustíveis em exploração e há muitos contratos de exploração em vigor. O que não queremos é que se expandam mais", disse Petro em um painel da COP28, que apresentou o plano de ação climática e transição energética da Colômbia.

Ele lembrou que a Colômbia é "um país verde", mas que ainda depende da exploração do carbono e do petróleo. "Durante 40 anos, a Colômbia aprofundou a sua matriz econômica em torno da extração, da grande mineração e fundamentalmente dos combustíveis fósseis. E aí temos uma contradição para resolver agora", reforçou.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes