Campos Neto: Objetivo não é só diminuir concentração bancária, mas ampliar a bancarização

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse que a autoridade monetária prepara um trabalho mostrando a redução da concentração bancária no País. Ele reiterou que o objetivo do BC não é só diminuir a concentração, mas incluir mais pessoas no sistema promovendo a bancarização. Nesse sentido, ele voltou a destacar medidas do open finance e também o Pix.

As declarações foram feitas em evento promovido pela Frente Parlamentar do Empreendedorismo (FPE) nesta terça-feira, 5. Questionado sobre as perdas do setor bancário com o Pix, Campos Neto disse que as instituições financeiras deixaram de arrecadar cerca de R$ 14 bilhões com TED e DOC. Ele destacou, no entanto, que os ganhos dos bancos, principalmente com a entrada de novos clientes, bancarizados pelo Pix, supera essas perdas.

Autonomia do BC

Roberto Campos Neto voltou a defender a autonomia da autoridade monetária durante almoço promovido pela Frente Parlamentar do Empreendedorismo (FPE). Ele relembrou que o BC fez a maior elevação de juros na história em ano eleitoral. "Pelos atos do BC, se consegue ver que é técnico e independente", disse. Ele ponderou, no entanto, que a autonomia ainda não é completa, e precisa avançar na parte financeira e administrativa.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes