Não dá para achar que País crescerá só com investimento público, avalia Campos Neto

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou nesta terça-feira, 5, que o Brasil não crescerá apenas com investimento público e pontuou que a maior parte do investimento no País é privado. Ele disse que, da taxa de investimento no País, de 19%, é em sua maioria privada: 17%, contra 2% de público.

"Se a gente achar que vai fazer o País crescer, crescendo 0,5% do investimento público, a história recente mostra que se isso não for feito de forma organizada, o 0,5% que você cresce no público você cai 1,5% no privado e, no total, o investimento cai", pontuou.

Campos Neto reiterou que se o investimento público gera incerteza fiscal e que o que se avança nesse segmento é menos do que a contração do investimento privado.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes