PMI de serviços dos EUA sobe a 50,8 e PMI composto se mantém em 50,7 em novembro

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) de serviços dos EUA subiu de 50,7 em outubro para 50,8 em novembro, segundo pesquisa final divulgada nesta terça-feira, 5, pela S&P Global. O resultado confirma a leitura preliminar do dado e as projeções de analistas ouvidos pela FactSet. O número acima da marca neutra de 50 no índice sinaliza que o setor se expandiu no último mês.

Com isso, o PMI composto se manteve em 50,7 em novembro, como mostrou o dado preliminar e como esperavam os analistas.

O economista-chefe de Negócios da S&P Global Markets Intelligence, Chris Williamson, disse que os PMIs mais recentes apontam para mais desaceleração de pressões inflacionárias. "Mas as leituras também sinalizam um crescimento apenas modesto e o emprego quase estagnado, com o risco de a expansão perder ainda mais impulso à medida que entramos em 2024", comentou, em nota.

A S&P Global destacou ainda que as preocupações com a sustentabilidade da demanda, em meio à pressão no poder de compra do consumidor, prejudicou a confiança empresarial em novembro.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes