Criptomoedas: bitcoin avança, mas ethereum cai, ainda com otimismo por ETF à vista nos EUA

O bitcoin e o ethereum apresentavam variações limitadas nesta tarde, sem direção única, seguindo sucessivas altas de ambas criptomoedas nos últimos dias, mas analistas ainda destacam o otimismo sobre corte de juros do Federal Reserve (Fed) e aprovação do fundo negociado em bolsa (ETF) à vista como drivers que devem seguir impulsionando a moeda digital no curto prazo.

Na visão da Oanda, a recuperação dos últimos dias do bitcoin foi "extraordinária" mesmo para os padrões da criptomoeda, indicando como investidores estão "animados" com a perspectiva da aprovação do ETF.

Hoje, o CEO do banco JPMorgan Chase, Jamie Dimon, disse ser opor às criptomoedas e ao bitcoin e acusou que a única funcionalidade verdadeira para o ativo é pelos criminosos, como em lavagens de dinheiro e evasão fiscal.

Também hoje, o cofundador da Exchange virtual Bitzlato, sediada em Hong Kong, Anatoly Legkodymov deverá ser considerado culpado em sessão realizada em tribunal nos Estados Unidos de processar cerca de US$ 700 milhões em fundos ilícitos, segundo reportagem da Reuters.

Ainda, o Société Générale anunciou que lançará sua própria stablecoin, chamada EUR CoinVertible, que será atrelada ao euro. Assim, às 17h30 (de Brasília), o bitcoin subia 0,68%, a US$ 44.010,27 (R$ 215.760,34), segundo a Binance. Já a ethereum, por sua vez, caía 0,27%, a US$ 2.265,03 (R$ 11.104,30).

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes