Varejo no município de São Paulo cresce 1,9% em novembro, mostra ACSP

O varejo paulistano avançou 1,9% em novembro comparado com o mesmo período de 2022, apontam informações do Balanço de Vendas divulgado pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP). No acumulado de 2023, o crescimento das vendas foi de 0,5%. O índice, medido pelo Instituto de Economia Gastão Vidigal (IEGV) a partir de dados da Boa Vista Serviços, traça um cenário favorável para o segmento varejista.

Quando comparado a 2019, ano que antecedeu o início da pandemia de Covid-19 no Brasil, o indicador teve aumento de 4,9%.

Ulisses Ruiz de Gamboa, economista da Associação, afirmou que os resultados espelham a repercussão positiva do aumento da ocupação e da renda, estimulados pela alta do emprego e pela transferência de renda, bem como os cortes nas taxas de juros e o crescimento da confiança do consumidor.

"A Black Friday, que impulsionou as vendas, e as intervenções do governo, tais como o aumento da Bolsa Família, reajustes no salário mínimo, aumento salarial para os servidores e até mesmo a antecipação do décimo terceiro salário são elementos adicionais que contribuíram para estimular ainda mais a atividade econômica no período analisado", pondera Gamboa.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes