Bolsas da Ásia fecham em queda, com China em foco, mas Xangai termina perto da estabilidade

Por Gabriel Bueno da Costa*

São Paulo, 07/12/2023 - Os mercados acionários da Ásia tiveram pregão negativo, nesta quinta-feira, com Tóquio em baixa de quase 2%. Em Xangai, por outro lado, o quadro terminou bem próximo da estabilidade. A balança comercial da China, com números em geral modestos, esteve em foco na região.

A Bolsa de Xangai fechou em queda de 0,09%, a 2.966,21 pontos, e a de Shenzhen, de menor abrangência, caiu 0,27%, para 1.935,53 pontos. Ações ligadas a montadoras puxaram o movimento para baixo, enquanto a balança comercial da China mostrou demanda doméstica fraca, no dado oficial publicado mais cedo. Entre ações em foco, Chongqing Changan Automobile recuou 2,2% e Xuzhou Handler Special Vehicle, 10%. Ações de fabricantes de partes de automóveis também caíram, com Ningbo Shenglong Automotive Powertrain System em baixa de 9,9%. Já a maioria dos bancos subiu, mesmo após a Moody's ter revisado a perspectiva de vários nomes do setor na China, para negativa.

Na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei registrou baixa de 1,76%, a 32.858,31 pontos. Os mercados da Ásia em geral parecem ter recebido com cautela os números da balança comercial da China, que apontam para uma economia ainda lutando para ganhar fôlego, disse Michael Hewson, analista-chefe de mercados da CMC Markets. Entre ações em foco na capital japonesa, Kawasaki Kisen Kaisha, do setor de transportes, caiu 4,95%, e a fabricante de equipamentos relacionados a semicondutores Advantest teve baixa de 4,7%.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 0,71%, a 16.345,89 pontos. A Moody's revisou sua perspectiva para o rating de Hong Kong, de estável para negativa, após ter feito o mesmo com a China nesta semana. Quase todos os setores caíram no mercado local, puxados por farmacêuticas e empresas ligadas a microchips.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi registrou baixa de 0,13%, em 2.492,07 pontos em Seul. Ações ligadas à robótica e a eletrônicos caíram. Doosan Robotics recuou 7,7%, com realização de lucros após ganhos recentes. LG Electronics teve queda de 4,7%, estendendo perdas para a sétima sessão consecutiva, diante de perspectivas fracas para seu balanço no quarto trimestre.

Em Taiwan, o índice Taiex caiu 0,47%, a 17.278,74 pontos.

Na Oceania, em Sydney o índice S&P/ASX 200 fechou em baixa de 0,07%, a 7.173,30 pontos. O mercado australiano não mostrou fôlego, um dia após o maior ganho diário desde novembro de 2022. Ações do setor financeiro e papéis ligados ao consumo estiveram entre as quedas, com ajuste após alta forte na quarta-feira.

Contato: gabriel.costa@estadao.com

* Com informações da Dow Jones Newswires

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes