Desembolso do BB para MPEs soma R$ 90,2 bi de janeiro a novembro

O Banco do Brasil desembolsou R$ 90,2 bilhões em crédito para micro e pequenas empresas de janeiro a novembro deste ano. O volume é 10,9% maior que o do mesmo período do ano passado, de acordo com o banco, se excluído o efeito extraordinário do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).

Segundo o banco, foram atendidas mais de 270 mil empresas neste segmento ao longo dos 11 primeiros meses do ano. Segundo o banco, R$ 31,6 bilhões em contratações foram para cerca de 103 mil mulheres empreendedoras, um crescimento de 7,5% em um ano. O número foi impulsionado pela plataforma Mulheres no Topo.

"A atuação do BB junto as micro, pequenas e médias empresas tem se destacado não apenas diante do saldo de operações, com em assessoria técnica, com atendimento especializado em todo o País", afirma em nota a presidente do BB, Tarciana Medeiros. "Trata-se de um importante apoio junto às empresas lideradas por mulheres, reforçando compromissos do BB, firmados junto ao Pacto Global da ONU."

De acordo com ela, o BB estima ter ajudado a preservar ao menos 1,4 milhão de empregos no Brasil todo com os desembolsos a MPEs. Uma das estratégias do banco na gestão de Medeiros, primeira mulher a comandar a instituição, é reforçar a atuação junto a esse público.

Além do Mulheres no Topo, o banco mantém a Liga PJ, portal criado para ajudar na criação e na expansão de negócios e que tem um espaço dedicado ao empreendedorismo feminino. Segundo a instituição, a plataforma ajuda a gerir R$ 125 bilhões em faturamento anual de cerca de 49 mil empresas.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes