INCC-M cai 0,01% na 1ª prévia de dezembro, dentro do IGP-M, afirma FGV

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-M) caiu 0,01% na primeira prévia de dezembro, dentro do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M). O INCC-M havia registrado alta de 0,18% na mesma leitura de novembro, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira.

Houve decréscimo nas taxas de Serviços (0,35% para -0,21%) e Mão de Obra (0,54% para 0,16%). Já os Materiais e Equipamentos repetiram a mesma variação de novembro, queda de 0,12%.

Influências

As maiores pressões de baixa sobre o INCC-M na primeira prévia de dezembro partiram de vergalhões e arames de aço ao carbono (-1,96% para -0,47%), projetos (0,52% para -0,44%) e cimento Portland comum (0,05% para -0,75%), junto com eletrodutos de PVC (0,02% para -1,51%) e condutores elétricos (-2,67% para -0,87%).

Em contrapartida, as principais pressões para alta vieram dos itens elevador (1,01% para 0,77%), pedreiro (0,41% para 0,32%) e engenheiro (0,87% para 0,61%), seguidos por armador ou ferreiro (1,13% para 0,30%) e carpinteiro (0,67% para 0,29%).

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes