Juros futuros rondam estabilidade em toda curva em véspera de IPCA

Os juros futuros começaram a manhã desta segunda-feira, 11, estáveis, com viés de alta nos curtos e médios, em dia de agenda fraca e de alta dos retornos dos Treasuries e do dólar. A agenda ganha tração amanhã, com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de novembro, e, na quarta-feira, há as decisões de política monetária do Banco Central do Brasil e do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano).

Às 10h53, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2025 marcava 10,340%, de 10,339% no ajuste anterior.

O DI para janeiro de 2027 estava em 10,110%, de 10,106%, e o para janeiro de 2029 marcava mínima de 10,530%, de 10,541%.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes