Banco do Brasil repactua R$ 1,3 bi em dívidas do Fies em um mês de renegociação

O Banco do Brasil repactuou R$ 1,347 bilhão em dívidas do Fies, programa de financiamento de cursos do ensino superior privado pelo governo federal, no primeiro mês de renegociação. Foram 26 mil renegociações, e cerca de 106,5 mil simulações realizadas, de acordo com o banco.

A renegociação começou no início de novembro, e prevê um desconto de até 100% em juros e multas para dívidas em atraso no âmbito do programa, além de desconto de 99% no valor consolidado da dívida em caso de liquidação integral do contrato.

"A facilidade de negociação, aliada à conveniência do App BB, permitiram que 90% dessas renegociações fossem efetuadas pelo próprio mutuário, sem precisar se deslocar para uma agência, por exemplo", diz em nota a presidente do banco Tarciana Medeiros.

"É uma atuação do BB que alia a destreza digital com esse programa de renegociação para trazer maior dignidade financeira aos brasileiros, a exemplo do que estamos fazendo também com o Desenrola", complementa a executiva.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes