Presidente do Fed diz que há muita incerteza na trajetória econômica dos EUA

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, disse que ainda há muita incerteza na trajetória econômica dos Estados Unidos, que surpreendeu em termos de crescimento até o terceiro trimestre deste ano. "Estamos conduzindo a política monetária em um ambiente difícil, incerto e realmente sem precedentes", comentou, ao falar a jornalistas, no período da tarde desta quarta-feira, após a decisão que manteve os juros inalterados nos EUA pela terceira vez seguida.

De acordo com Powell, um crescimento robusto poderia retardar a volta da inflação à meta de 2% e significar necessidade de mais aperto à frente. "Vemos boas razões para crer que o crescimento será mais baixo no ano que vem", disse.

Ao comentar sobre o mercado de trabalho nos EUA, o presidente do Fed avaliou que os salários ainda estão um pouco acima do nível consistente com inflação a 2%, mas que, no geral, os desdobramentos estão "muito positivos".

A inflação está caindo, com progressos no núcleo, que exclui itens voláteis como alimentos e energia, mas os níveis de preços "seguem altos" no país, conforme ele.

Powell disse ainda que alguns dirigentes do Fed atualizaram suas previsões com base nos dados divulgados nesta quarta-feira. O índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) dos EUA ficou estável em novembro ante outubro. Na comparação anual, houve alta de 0,9%.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes