Argentina: BC define taxa de prazo fixo como juros básicos e a coloca em 110%

O banco Central da Argentina (BCRA) anunciou que irá determinar a taxa de prazo fixo como juros básicos, agora em 110%, e não mais as Letras de Liquidez, conhecidas como Leliqs. Ainda, a autoridade monetária apontou que sua principal ferramenta de absorção de excedentes monetários serão as operações de recompra passivas.

"Ao centralizar suas operações em um único instrumento, e ao ser sua taxa de política a única de referência, se busca deixar os sinais da política monetária e fortalecer sua transmissão ao resto das taxas da economia", indicou o BC, em nota.

A mudança das Leliqs já era promessa de campanha do atual presidente do país, Javier Milei, que afirmou a taxa estava atualmente com preços muito baixos e retornos muito elevados. Antes da extinção, a taxa da Leliq estava em 133%.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes