Joachim Nagel, do BCE, alerta investidores contra especulações por iminente corte de juros

Dirigente do Banco Central Europeu (BCE), Joachim Nagel afirmou ver "grande probabilidade" de que os juros já tenham atingido o pico na zona do euro, mas alertou contra uma precificação exagerada por relaxamento monetário. "Eu diria para todo mundo que está especulando um corte iminente dos juros: tenham cuidado, outras pessoas já especularam errado antes", advertiu, em entrevista ao portal alemão T-Online.

O dirigente, que preside o banco central da Alemanha (Bundesbank), reconheceu que a inflação no país caminha na "direção correta", embora defenda contínua "vigilância" na evolução dos preços. Nagel reforçou o compromisso do BCE com o retorno do índice inflacionário à meta de 2%.

O banqueiro central negou que a política fiscal alemã esteja agindo de forma contraditória à postura monetária do BCE, apesar da suspensão do dispositivo que limita a dívida pública. Segundo ele, a relação dívida/PIB deve voltar ao teto de 60%. "A Alemanha segue como uma âncora de estabilidade na zona do euro", garantiu.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes