Reguladores do Reino Unido propõem simplificação do sistema de listagem para atrair mais IPOs

A Autoridade de Conduta Financeira (FCA, na sigla em inglês) do Reino Unido propôs nesta quarta-feira um conjunto de reformas que visa simplificar o processo de listagem de empresas nas bolsas do país, em meio ao marasmo no mercado britânico de ofertas públicas iniciais (IPO, na sigla em inglês).

Entre as medidas, o órgão regulatório sugere a unificação do sistema de listagem, que atualmente é dividido entre uma categoria "premium" e outra mais acessível. O objetivo é ampliar a gama de companhias que escolhem a nação insular como destino para suas ações e fortalecer a competitividade frente aos pares globais, de acordo com comunicado.

A FCA também recomenda o estabelecimento de um modelo baseado na divulgação de informações pela própria empresa, o que tende a transferir mais responsabilidade aos investidores.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes