Rui Costa: governo espera que ocorra queda da taxa de juros em 2024 de forma mais acelerada

O ministro da Casa Civil, Rui Costa, afirmou nesta quarta-feira, 20, após reunião ministerial com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, que a expectativa do governo é de uma queda de juros mais "acelerada" no ano que vem. Logo no início da gestão de Lula, o tema foi motivo de rusgas entre o Planalto e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

Após meses de debate, e o avanço em pautas econômicas, como a reforma tributária, a autarquia começou a diminuir a taxa básica de juros, que, dos 13,75% que estava no começo do ano, foi para 11,75% agora em dezembro em uma queda gradual.

No que diz respeito ao balanço deste primeiro ano de governo, o ministro afirmou que o Executivo realizou tudo que propôs "do ponto de vista de retomada de programas" e que, para 2024, a expectativa é de menos lançamentos e mais entregas.

Costa também avaliou que a gestão Lula 3 resultou em um balanço positivo das instituições financeiras e que, até mesmo nas pesquisas de avaliação do governo, não houve quedas, mas "oscilações normais".

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes