Consumo de energia no SIN deve aumentar 11,1% em janeiro, a 82.865 MW médios, prevê ONS

Em meio a uma onda de calor esperada para o início deste ano, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) projeta um aumento de 11,1% na carga de energia do Sistema Interligado Nacional (SIN) em janeiro, para 82.865 megawatts médios (MWmed).

No Sudeste/Centro-Oeste, que responde por mais da metade do consumo de energia do País, a estimativa é que a carga seja de 47.461 MWmed, crescimento de 12,9% em base anual de comparação.

Já no Sul a previsão é de 14.551 MWmed, alta de 4,4% em relação ao mesmo intervalo de 2022.

Para o subsistema Nordeste, a projeção é que a carga de energia aumente 11% e fique em 13.482 MWmed. Já no Norte, além das temperaturas elevadas, a carga deve crescer devido à retomada de consumo de companhias do setor de alumínio. A estimativa para o mês é de crescimento de 13,3% em comparação com igual período do ano passado, para 7.371 MWmed.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes