Nos EUA, DoE corta previsão do petróleo Brent para US$ 82 e projeta valor menor para 2025

O Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) dos Estados Unidos prevê que o barril do petróleo Brent caia a US$ 79 em 2025. O Departamento também cortou em US$ 1 sua projeção para o barril do Brent para 2024, a US$ 82. Para o WTI, a estimativa é que o preço chegue a um pico de US$ 81 o barril em março de 2024 e que caia gradualmente até US$ 74 até dezembro de 2025.

As previsões constam em seu relatório de perspectiva de curto prazo (Steo, na sigla em inglês) de janeiro, divulgado nesta terça-feira.

Na edição anterior, o órgão já havia reduzido em US$ 10 a previsão para o Brent em 2024. Entretanto, o DoE alerta que os desdobramentos recentes no Oriente Médio aumentaram os riscos no lado da oferta, o que poderá resultar em preços mais elevados e voláteis do que o previsto.

Segundo documento, a projeção é que a produção de petróleo dos Estados Unidos chegue a 13,2 milhões de barris por dia (bpd) em 2024 e que suba a 13,4 milhões de bpd em 2025, ambos sendo números recordes, "impulsionados por aumentos na eficiência dos poços. No entanto, o crescimento abranda devido ao menor número de plataformas de perfuração ativas".

Ainda, o Departamento destaca que, mesmo com os cortes recentes na produção da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+), a previsão é que os estoques globais tenham aumentado 800 mil bpd no quarto trimestre de 2023.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes