China planeja incorporar três grandes gestoras de ativos ao fundo soberano

A China pretende incorporar três grandes gestoras de ativos inadimplentes ao seu fundo soberano, informou nesta segunda-feira, 29, a agência de notícias estatal Xinhua, citando fontes anônimas do setor. De acordo com a agência, as gestoras China Cinda, Orient Asset e Great Wall Asset serão transferidas para a China Investment Corporation no curto prazo, como parte da meta do governo de reformar suas instituições financeiras.

Horas depois de sua publicação, a matéria foi retirada do ar, sem explicações por parte da Xinhua.

No início deste mês, as três gestoras citadas pela Xinhua tiveram ratings rebaixados pela Fitch, refletindo redução nas expectativas de apoio pelo governo chinês. Na ocasião, a agência de classificação de risco afirmou que continuaria a avaliar sinais de maior deterioração financeira ou de redução no apoio governamental, alegando que a inconsistência do suporte oferecido poderia reduzir a eficácia das gestoras. *Com informações da Dow Jones Newswires.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes