Governo Central tem déficit de R$ 116,147 bilhões em dezembro, diz Tesouro

As contas do Governo Central registraram déficit primário em dezembro. No mês passado, a diferença entre as receitas e as despesas ficou negativa em R$ 116,147 bilhões. O resultado sucedeu o déficit de R$ 39,389 bilhões em novembro.

O saldo - que reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central - foi o pior desempenho em termos reais para o mês na série histórica do Tesouro, iniciada em 1997. Em dezembro de 2022, o resultado havia sido positivo em R$ 4,023 bilhões.

O resultado do mês passado veio muito próximo da mediana, que apontava um déficit de R$ 116,70 bilhões, de acordo com levantamento do Projeções Broadcast. O dado de dezembro ficou dentro do intervalo das estimativas, todas de déficit, que iam de R$ 142,900 bilhões a R$ 10,20 bilhões.

Em dezembro, as receitas tiveram baixa real de 3,6% em relação a igual mês do ano passado. Já as despesas subiram 72,3% em dezembro, já descontada a inflação.

Tesouro Nacional

As contas do Tesouro Nacional - incluindo o Banco Central - registraram um déficit primário de R$ 97 bilhões em dezembro, de acordo com dados divulgados pelo Tesouro. No ano, o superávit primário acumulado nas contas do Tesouro Nacional (com BC) é de R$ 75,671 bilhões.

Já o resultado do INSS foi deficitário em R$ 19,143 bilhões no mês passado. Em 2023, o resultado foi negativo em R$ 306,206 bilhões. As contas apenas do Banco Central tiveram superávit de R$ 103 milhões em dezembro e déficit de R$ 465 milhões em 2023.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes