Taxas futuras de juros têm viés de baixa com curva dos EUA

Os juros futuros rondam a estabilidade, mas o viés é de baixa, acompanhando os rendimentos dos Treasuries e o recuo do dólar ante o real, em véspera de decisões do Federal Reserve (Fed) e Copom. O movimento se dá também em meio à desaceleração da expectativa para IPCA de 2024 no Boletim Focus, de 3,86% para 3,81%, após o IPCA-15 de janeiro ter vindo abaixo do esperado na semana passada. Às 9h25 desta terça-feira, 30, a taxa do contrato de depósito interfinanceiro (DI) para janeiro de 2025 batia mínima de 9,975%, de 9,969% no ajuste anterior. O DI para janeiro de 2027 marcava 9,830%, de 9,837%, e o para janeiro de 2029 recuava para 1,275%, de 10,295% no ajuste de segunda-feira, dia 29.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes