IDP de US$ 61,952 bilhões é o pior ingresso anual desde 2021, afirma BC

A entrada de Investimentos Diretos no País (IDP) somou US$ 61,952 bilhões em 2023, equivalentes a 2,85% do Produto Interno Bruto (PIB), informou nesta segunda-feira, 5, o Banco Central (BC). Em 2022, o montante havia sido de US$ 74,606 bilhões - dado atualizado nesta segunda pelo BC.

O resultado do ano ficou acima da mediana das estimativas do levantamento realizado pelo Projeções Broadcast, de US$ 58,000 bilhões. O intervalo das estimativas ia de US$ 57,200 bilhões a US$ 60,000 bilhões.

O desempenho foi o pior desde 2021, quando a entrada desses recursos havia somado US$ 46,439 bilhões no acumulado do ano. A estimativa do BC para 2023 era de IDP de US$ 60 bilhões, projeção que foi atualizada no Relatório Trimestral de Inflação (RTI) de dezembro.

Em dezembro, o fluxo de IDP ficou negativo em US$ 389 milhões. O valor líquido ainda foi melhor que o registrado no mesmo mês de 2022, quando as saídas somaram US$ 479 milhões. Em novembro, a entrada líquida nesta rubrica foi de US$ 7,780 bilhões.

O resultado mensal negativo ficou fora do intervalo das estimativas do levantamento realizado pelo Projeções Broadcast, que ia de ingresso de US$ 4,500 bilhões a US$ 7,600 bilhões. A mediana era de US$ 5,200 bilhões.