Dívida doméstica total dos EUA avança US$ 212 bi no 4º tri, a US$ 17,5 tri

A dívida doméstica total dos Estados Unidos cresceu US$ 212 bilhões no quarto trimestre de 2023, a US$ 17,5 trilhões, informou nesta terça-feira, 6, o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) de Nova York, em seu relatório trimestral sobre o tema.

A alta foi de 1,2% ante o terceiro trimestre do ano passado. As taxas de inadimplência cresceram em todas as modalidades de dívida, exceto empréstimos estudantis.

A dívida em cartões de crédito avançou US$ 50 bilhões, a US$ 1,13 trilhão no último trimestre do ano passado.

Em hipotecas, houve alta de US$ 112 bilhões, a US$ 12,25 trilhões e, em empréstimos para a compra de automóveis, o crescimento foi de US$ 12 bilhões, a US$ 1,61 trilhão, neste caso mantendo uma trajetória de alta desde 2011, diz o relatório.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes