EUA importaram mais produtos do México do que da China em 2023

O México ultrapassou a China no ano passado como principal fonte de bens importados para os Estados Unidos. A mudança reflete as crescentes tensões entre Washington e Pequim, bem como os esforços dos EUA para importar produtos de países mais amigáveis e mais próximos de casa, na estratégia denominada "nearshoring".

Números divulgados nesta quarta-feira, 7, pelo Departamento de Comércio dos EUA mostram que o valor dos bens importados do México para os EUA aumentou quase 5% entre 2022 e 2023, para mais de US$ 475 bilhões. Ao mesmo tempo, o valor das importações chinesas caiu 20%, para US$ 427 bilhões.

A última vez que os produtos mexicanos importados para os Estados Unidos excederam o valor das importações da China foi em 2002.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes