Rui Costa diz que governo pretende investir no setor elétrico mas sem tanto subsídio

O ministro da Casa Civil, Rui Costa, declarou que o governo federal pretende avançar na solução do financiamento ao sistema elétrico brasileiro em 2024. De acordo com ele, a gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva planeja dar continuidade aos investimentos em energia renovável, mas "sem tanto subsídio".

Tais investimentos, de acordo com o chefe da Casa Civil, fazem parte das prioridades do governo em 2024. "Queremos avançar na solução da questão do financiamento do sistema elétrico brasileiro, seu reequilíbrio, e da continuidade dos investimentos em energia renovável que o Brasil lidera e é preciso que continue avançando", afirmou, em evento CEO Conference Brasil 2024?, promovido pelo BTG Pactual, nesta quarta-feira, 7.

O avanço, segundo ele, deve se dar "em um novo patamar, sem tanto subsídio mas com a vantagem competitiva que o Brasil conseguiu."

Além dos investimentos no setor de energia, Rui Costa afirmou que outras prioridades do governo são concluir a regulamentação da reforma tributária e iniciar a reforma de tributos sobre a renda. "É uma agenda que, assim como foi em 2023, esperamos que consigamos realizar."

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes