BC do México mantém taxa básica de juros em 11,25% ao ano, em decisão unânime

O Banco do México (Banxico) manteve sua taxa básica de juros em 11,25%, em decisão unânime divulgada nesta quinta-feira. No comunicado, a instituição afirmou que os riscos para a inflação continuam "tendendo para o lado positivo" no país.

Segundo a autoridade monetária, a inflação deve retornar à meta de 3% ao ano somente no segundo trimestre de 2025, sem alterações na previsão de alta de preços apresentada na última decisão de juros.

Nessa toada, o processo de desinflação deve continuar gradativamente, mas riscos permanecem elevados, sobretudo de inflação de energia.

O comunicado destaca que a Comissão vai continuar vigiando as pressões inflacionárias e os riscos altistas, e o cenário incerto fez as "expectativas de inflação para 2024 aumentarem levemente".