Petroleiras dos EUA confirmam acordo de fusão avaliado em US$ 50 bi

As rivais Diamondback Energy e Endeavor Energy Resources confirmaram nesta segunda-feira, 12, um acordo de fusão, criando um gigante do setor de petróleo e gás avaliado em mais de US$ 50 bilhões. Após o anúncio, a ação da DiamondBack saltava 9,54% e a da Endeavor subia 0,64% em Nova York, às 12h55 (de Brasília).

A Diamondback pagará cerca de US$ 8 bilhões em dinheiro e 117,3 milhões de ações ordinárias pela Endeavor Energy, avaliando a empresa em cerca de US$ 26 bilhões, incluindo dívidas, segundo comunicado oficial.

A Endeavor, fundada por Autry Stephens, é há muito tempo uma das empresas mais valorizadas na consolidada Bacia do Permiano, a maior região petrolífera dos EUA, que abrange o oeste do Texas e o Novo México.

Junto ao anúncio sobre o acordo, a Diamondback adiantou alguns dos resultados operacionais do quarto trimestre do ano passado e projeções para 2024.

Entre eles, está a informação de que o Conselho de Diretores da empresa aprovou um aumento de 7% na base de dividendos para US$ 3,60 por ação anualmente (US$ 0,90 por trimestre), efetivos a partir do quarto trimestre de 2023.

*Com informações da Dow Jones Newswires

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes