Chance de Fed manter juros em março sobe a 94,5% após CPI; em maio, manutenção vira majoritária

As chances de que o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) deixe seus juros inalterados na reunião de política monetária de 20 de março aumentaram para 94,5%, segundo ferramenta de monitoração do CME Group, logo após a divulgação dos últimos números de inflação (CPI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, que vieram acima do esperado.

Minutos antes do CPI, essa possibilidade era de 86,5%.

Já a hipótese de um corte de juros em março diminuiu de 13,5% para 5,5% na mesma comparação, aponta o site do CME.

Para a reunião de 1º de maio, as chances de manutenção dos juros passaram a ser majoritárias, com 65,9%, ante 41,6% antes do CPI.

A possibilidade de corte de 25 pontos-base dos juros em maio, por outro lado, diminuiu de 51,4% para 32,5% na mesma comparação.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes