Barr: Balanço de um único banco não muda o fato de que sistema bancário dos EUA é forte

Em uma referência indireta ao New York Community Bancorp (NYCB), o vice-presidente de supervisão do Federal Reserve (Fed), Michael Barr, afirmou hoje que o balanço decepcionante de uma única instituição financeira não muda o fato de que o sistema bancário dos EUA, no geral, permanece forte.

Em discurso durante evento da National Association for Business Economics (NABE), Barr disse não ver sinais de problema na liquidez do setor, mas que monitora as condições de perto. Em particular, o dirigente citou "bolsões de risco" em áreas como o mercado imobiliário comercial. De qualquer forma, o quadro geral é melhor do que o observado na última primavera do Hemisfério Norte, quando pelo menos três bancos regionais quebraram, segundo ele.

Fomc

O vice-presidente de supervisão do Federal Reserve (Fed) disse que o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) deve iniciar discussões mais aprofundadas sobre o balanço de ativos em breve.

Em discurso durante evento, o dirigente afirmou que o Fed, neste momento, implementa a política monetária com bastante reservas no sistema, apesar da redução contínua do balanço. "Esse processo tem operado de maneira tranquila", garantiu Barr.