Carnaval eleva vendas na cidade de SP entre 8% e 10% ante mesmo período de 2023, diz ACSP

O carnaval na cidade de São Paulo gerou um aumento de 8% a 10% no volume de vendas em relação ao mesmo período do ano anterior, projeta a Associação Comercial de São Paulo (ACSP). A alta está diretamente relacionada à compra de itens específicos, como fantasias, maquiagens e acessórios carnavalescos, além das vendas de supermercados, aponta Ulisses Ruiz de Gamboa, economista da ACSP.

A ACSP avalia também que os dados indicam uma "trajetória ascendente" do carnaval de rua na capital.

Com a crescente quantidade de blocos, que atraem pessoas de diversas regiões, não só o setor de entretenimento é estimulado, mas também o de serviços, com a maior movimentação em hotéis, bares e restaurantes, destaca Gamboa.

O economista espera que o evento "contribua de forma positiva para o desempenho global do varejo".

O aumento da renda dos consumidores e a maior disposição a gastar com o carnaval refletem uma recuperação gradual da economia, ressalta a ACSP.