Petrobras inaugura novo polo de venda de combustíveis no Centro-Oeste

O aumento da demanda por combustível do agronegócio no Centro-Oeste brasileiro levou a Petrobras a inaugurar mais um polo de comercialização de diesel e gasolina em Rio Verde, em Goiás, informou a estatal. Atualmente, o combustível que chega até Rio Verde é transportado pelas distribuidoras por caminhões, a partir de Paulínia (SP) ou de municípios mais distantes

A logística do novo polo utiliza uma combinação do modal dutoviário (OSBRA), a partir da Refinaria de Paulínia - Replan, em São Paulo, até o município de Senador Canedo, em Goiás, e o modal rodoviário até Rio Verde.

"O novo polo de vendas tem potencial de crescimento e a Petrobras estuda alternativas logísticas que possibilitem maior competitividade ao seu produto", disse a estatal em nota.

Esta é a segunda base de entrega na região Centro-Oeste que a companhia inaugurou em menos de um ano. Um polo em Rondonópolis (MT) foi inaugurado em março do ano passado.

Antes disso, a Petrobras já possuía duas bases de entrega de combustíveis no Centro-Oeste: os terminais de Brasília e Senador Canedo, também em Goiás. Para essas localidades, os produtos também têm origem na Refinaria de Paulínia (Replan), mas são transportados pelo oleoduto OSBRA.

"A região Centro-Oeste é a que mais cresce no País, muito em função do agronegócio. Por conta disso, a demanda por combustíveis tem aumentado muito, o que nos fez decidir por abrir este polo, mantendo nosso posicionamento como principal supridor", informou em nota o diretor de Logística, Comercialização e Mercados da Petrobras, Claudio Schlosser.

E completou: "A criação dos polos de venda de Rio Verde e Rondonópolis está alinhada à estratégia de aprimorar o acesso a mercados do interior do país, uma oportunidade de melhorar nossa cadeia logística, em diálogo constante com nossos clientes."