Alta mais branda em materiais e mão de obra reduz inflação da construção no IGP-10 de fevereiro

A alta mais branda nos custos dos materiais de construção e da mão de obra desacelerou a inflação do setor dentro do Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10) de fevereiro, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-10) passou de uma elevação de 0,39% em janeiro para uma alta de 0,10% em fevereiro.

O Índice que representa o custo de Materiais, Equipamentos e Serviços saiu de um aumento de 0,40% em janeiro para uma ligeira alta de 0,01% em fevereiro. Os gastos com Materiais e Equipamentos tiveram queda de 0,05% em fevereiro, enquanto os custos dos Serviços tiveram elevação de 0,58% no mês. Já o índice que representa o custo da Mão de Obra passou de um aumento de 0,37% em janeiro para uma alta de 0,23% em fevereiro.