Abílio Diniz foi uma grande inspiração para mim e para muitos, diz Campos Neto

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, divulgou nesta segunda-feira, 19, uma nota de pesar pelo falecimento do empresário Abílio Diniz, ocorrido na noite de domingo, 18. Campos Neto deixou suas condolências aos familiares e amigos do empresário e registrou ter recebido uma acolhida sempre respeitosa do mesmo.

"O empresário Abílio Diniz dedicou sua vida ao Brasil. Sempre esteve ao lado dos que se empenham por um desenvolvimento sustentável do País, sem jamais deixar de lado as preocupações sociais", afirmou.

Segundo o presidente do BC, Diniz foi uma grande inspiração para si e para muitos, de diversas gerações. "Tive a felicidade de interagir com ele e sempre foi um grande apoiador nos momentos difíceis. Seu falecimento é uma perda irreparável para todos. Fará enorme falta", completou.

Abílio Diniz faleceu em consequência de insuficiência respiratória. Ele estava internado há três semanas no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, com pneumonia. O empresário viajou em janeiro para Aspen, no Colorado (EUA), enquanto se recuperava de duas cirurgias no joelho. Ele se sentiu mal e voltou às pressas para o Brasil.