Alckmin presta homenagem a Abílio Diniz, permanecendo por cerca de 30 minutos no velório

O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, abriu um espaço em sua agenda pública em São Paulo nesta segunda-feira, 19, para prestar uma homenagem ao empresário Abilio Diniz, que morreu no domingo.

O corpo do fundador do Grupo Pão de Açúcar está sendo velado no Salão Nobre do Estádio MorumBis, casa do São Paulo Futebol Clube, time pelo qual Diniz era apaixonado.

Alckmin, que veio direto da sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), onde participou de evento com o setor industrial, permaneceu no velório por cerca de 30 minutos. Ele foi recepcionado pelo presidente do clube, Júlio Casares.

Depois, o vice-presidente se dirigiu ao Sindicato dos Químicos, no centro da capital paulista, para retomar a sua agenda inicial. Ao deixar o MorumBis, Alckmin saiu por uma porta lateral, sem falar com a imprensa.