Fundador da Daiso, loja japonesa de itens populares, morre aos 80 anos no Japão

Hirotake Yano, fundador da loja japonesa de produtos populares Daiso, morreu aos 80 anos. O empresário faleceu na última segunda-feira, 12, mas o comunicado sobre o falecimento só foi confirmado nesta segunda-feira, 19, em meio a uma nota divulgada à imprensa internacional.

Segundo o comunicado, Yano faleceu em decorrência de uma insuficiência cardíaca.

Com a loja de quinquilharias que custavam até US$ 1, o empresário construiu um império e alcançou uma fortuna estimada em quase US$ 2 bilhões, segundo índice Bloomberg Billionares Index.

Nascido em Beijing, na China, em 1943, o jovem Yano imigrou para o Japão com a família logo após o fim da Segunda Guerra Mundial. No país do Sol Nascente, ele cresceu e construiu seu império dos produtos baratinhos.

Em 1972, Yano inaugurou a primeira unidade da Yano Shoten, uma loja de produtos populares, que vendia itens por 100 ienes, conhecido no Brasil como as tradicionais "lojas de R$ 1,99". Cinco anos mais tarde, em 1977, nascia a Daiso, que ganharia o mercado internacional como loja de "quinquilharias" baratas.

De acordo com o site da companhia, atualmente, a Daiso tem mais de 5 mil lojas em funcionamento, em 28 países em que o negócio opera.

Em solo brasileiro, a companhia de Yano abriu sua primeira unidade em 2011, em São Paulo. Com o passar dos anos, o negócio expandiu e abriu unidades pelo País afora.