Incansável, inspirador e brilhante: empresários e executivos lamentam morte de Abilio Diniz

A morte de Abilio Diniz, um dos mais reconhecidos e bem-sucedidos empresários brasileiros, foi sentida pelos principais empresários e executivos brasileiros. Leia algumas declarações sobre aquele que teve grande importância em tornar o grupo Pão de Açúcar uma das maiores forças do varejo brasileiro, e de ter investido e atuado nos conselhos do Carrefour e da BRF, além de ser um grande apoiador do esporte nacional.

Jean-Charles Naouri, presidente do Grupo Casino Guichard-Perrachon: 'Empreendedor incansável'

"É com profunda tristeza que recebo a notícia do falecimento de Abilio Diniz, com quem tive o privilégio de conviver por quase duas décadas. Nesse momento de dor, gostaria primeiro de me solidarizar com sua família, a quem Abílio se dedicou durante toda sua vida. Abílio foi um empreendedor incansável e que acima de tudo jamais abandonou seu otimismo com o Brasil. Seu legado será sempre lembrado como um dos maiores nomes do varejo alimentar no mundo."

Stephane Maquaire, presidente do Grupo Carrefour Brasil: 'Sinto a dor de perder uma fonte de inspiração'

"Hoje é um dia muito triste para mim, muito. No dia em que o Grupo Carrefour Brasil perde o vice-presidente de seu Conselho e o País perde um de seus mais admirados empreendedores, eu também sinto a dor de perder alguém que, nos últimos quase três anos, foi um parceiro e uma fonte de inspiração e aprendizado. Mais que tudo isso, um amigo. Pessoas como o Abilio Diniz não morrem - permanecem vivas para sempre, por meio do legado e das lições que deixam para a sociedade e para todos os indivíduos cujas vidas impactaram. Desde que aceitei o convite para liderar a operação brasileira da nossa empresa, em 2021, tive um guia que trouxe importantes contribuições para minha missão à frente do negócio. Mas não só isso. Abilio era uma fonte de lições de vida. Abilio era um apaixonado por viver a vida com equilíbrio, sabedoria, entrega e dedicação ao próximo. Amou sua família, seus amigos e seu país, a cujo desenvolvimento se dedicou incansavelmente das mais variadas formas. E deixou um legado que nunca se apagará. Serei para sempre grato por poder dizer que o Abilio não só fez parte da minha trajetória profissional, como também me inspirou a tentar ser alguém melhor dia após dia. E continuará inspirando."

Lucilia Diniz, irmã de Abilio: 'Deixa legado de obstinação'

"Abílio nos deixa. Deixa também um legado de obstinação, geração de empregos e riqueza. Deixa ainda seu exemplo, que inspira seus filhos, sobrinhos e netos a seguirem empreendendo e acreditando neste País."

Luiza Helena Trajano, presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza: 'Um brasileiro que assumia posições'

"Triste, pois o Brasil perde um grande líder, o varejo perde um dos seus maiores aliados. Um brasileiro que assumia posições."

Nizan Guanaes, fundador da N. Ideias

"O Abilio é uma das maiores influências na minha vida. De grande empresário ele foi se transformando numa referência em outras dimensões humanas. Quantas gerações diferentes ele influenciou! Eu estou tão triste que não sei nem falar direito. Perdemos o Abílio que foi um grande e o Bilo, que foi ainda maior que o Abilio."

Fábio Barbosa, CEO da Natura&Co

"Um grande empresário, um grande líder, um grande brasileiro. Sempre apostou no Brasil e muito fez por um país melhor. Deixa um vazio."

Walter Schalka, presidente da Suzano

"Muito triste perdermos um grande brasileiro, que sempre com muita determinação e confiança investiu no Brasil criando oportunidades para muito(a)s!"