Produção mundial de aço cai 1,6% em 1 ano e soma 148,1 milhões de t em janeiro

A produção mundial de aço bruto dos 71 países que reportam dados da indústria siderúrgica foi de 148,1 milhões de toneladas em janeiro de 2024, o que representa uma queda de 1,6% ante o mesmo mês do ano anterior, de acordo com o boletim mensal divulgado pela Worldsteel Association.

Segundo a entidade, a produção estimada para a China - maior fabricante global - totalizou 77,2 milhões de toneladas em janeiro, o que representa uma queda de 6,9% na comparação anual.

Considerando o mesmo intervalo, a Índia, segunda maior fabricante de aço, registrou um volume de 12,5 milhões de toneladas, alta de 7,3%.

Nos países que integram o bloco da União Europeia, a produção de aço bruto somou 10,2 milhões de toneladas em janeiro de 2024, o que representa um recuo de 1,8% na comparação anual.

O indicador nos Estados Unidos registrou 6,8 milhões de toneladas, com ligeira variação negativa em 0,3%.

A partir de dados estimados, a WorldSteel aponta que o Brasil caiu para a posição de décimo maior produtor mundial, com 2,5 milhões de toneladas de aço fabricadas em janeiro, valor 7,2 % menor ante o mesmo mês de 2023.

Na América do Sul, por sua vez, a produção foi de 3,4 milhões de toneladas, recuo de 6,3% no mesmo intervalo de comparação.