Preço do ouro fecha em baixa, pressionado por juros dos Treasuries

O ouro fechou em baixa nesta segunda-feira, 26, sob pressão do avanço dos juros dos Treasuries em dia de leilões de títulos americanos.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro com entrega prevista para abril encerrou a sessão com baixa de 0,51%, a US$ 2.038,90 a onça-troy.

"A correlação média entre o preço do ouro e o rendimento da T-note de 10 anos nos últimos 30 dias foi a mais alta desde setembro, a -81%", observou a chefe de Pesquisa do Sucden Financial, Daria Efanova, em relatório hoje.

Em outras palavras, isso indica uma forte relação inversa entre os dois ativos: em média, quando o retorno do título com vencimento em 10 anos se valoriza, o ouro tende a se desvalorizar, e vice-versa.

A alta nos retornos dos títulos americanos tende a minar a demanda pelo ouro, já que os dois competem entre si como ativos de segurança e o metal não oferece rendimentos.

O viés de alta dos yields vem sendo observado à medida que os mercados vão aceitando que as taxas de juros nos EUA ficarão altas por mais tempo do que inicialmente previram. Hoje, os retornos receberam apoio adicional dos resultados de leilões de títulos com demanda abaixo da média.