Marinho: FGTS digital é resposta de como trabalhar Custo Brasil com eficiência na gestão

O ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, afirmou nesta terça-feira, 27, que o FGTS Digital - nova forma de recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - é uma resposta do governo de como trabalhar a redução do chamado Custo Brasil por meio da eficiência na gestão pública

Segundo Marinho, o FGTS Digital, que estará disponível na próxima sexta-feira, 1º, trará economia de horas trabalhadas para empresas, simplificação de acesso ao fundo e maior gerenciamento dos depósitos por parte dos empregadores.

"O trabalhador terá maior transparência sobre os depósitos no fundo", disse, em entrevista à imprensa no Ministério do Trabalho.

A base digital do fundo dos trabalhadores utilizará informações do eSocial como base de dados e será responsável por todo o recolhimento de FGTS mensal e rescisórios.