Picchetti: Dados de emprego serão considerados junto com outros indicadores

O diretor de Assuntos Internacionais do Banco Central (BC), Paulo Picchetti, disse nesta quinta-feira, 29, que os dados do mercado de trabalho continuarão sendo analisados nas decisões de política monetária junto com outros indicadores. O comentário, feito em entrevista à imprensa no intervalo entre as reuniões do G20, segue a divulgação, hoje, de que o desemprego de janeiro (7,6%) ficou abaixo das expectativas (7,8%).

A ata da última decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) mostrou maior preocupação do BC com os impactos do mercado de trabalho aquecido no objetivo de convergência da inflação à meta. "Vou reforçar a mensagem da ata. Tornamos claro que esta é uma preocupação e que vamos continuar acompanhando os dados. Hoje, conhecemos novos dados de emprego, que vão ser levados em consideração não isoladamente, mas junto com todo outro conjunto de indicadores", comentou Picchetti.

"Resumindo, continua sendo uma preocupação e continuamos acompanhado os dados à medida que vão aparecendo", reforçou o diretor do BC.