CPI anual da zona do euro desacelera a 2,6% em fevereiro, mas fica acima do esperado

A taxa anual de inflação ao consumidor (CPI, pela sigla em inglês) da zona do euro desacelerou para 2,6% em fevereiro, ante 2,8% em janeiro, segundo dados preliminares divulgados nesta sexta-feira, 1 pela agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat. A prévia do CPI de fevereiro, no entanto, ficou um pouco acima da expectativa de analistas consultados pela FactSet, que previam taxa de 2,5%. Já o núcleo do CPI, que desconsidera os preços de energia e de alimentos, teve acréscimo de 3,1% em fevereiro ante igual mês do ano passado, perdendo força em relação ao ganho anual de 3,3% de janeiro. Também neste caso, o consenso da FactSet para fevereiro era de aumento menor, de 2,9%.