Fed: No geral, sistema bancário continua sólido e resiliente

O Federal Reserve considera que o setor bancário permanece sólido e resiliente, após o estresse agudo no sistema bancário ter diminuído desde março passado, diz o Federal Reserve em seu relatório de política monetária que será apresentado ao Congresso.

Embora o estresse agudo no sistema bancário tenha diminuído desde março passado, algumas áreas de risco justificam monitoramento contínuo, observa o BC americano.

A pressão ascendente sobre os múltiplos dos ativos continuou, com os preços dos imóveis elevados em relação aos aluguéis e uma elevada relação preço/lucro nos mercados acionários, diz o Fed.

Empréstimos de empresas não financeiras e para as famílias continuaram aumentando em um ritmo mais lento do que o do PIB nominal, e a relação proporcional da dívida frente ao PIB situa-se agora perto do seu mínimo de 20 anos.

Para o Fed, as vulnerabilidades da alavancagem do setor financeiro continuam a ser dignas de nota. Enquanto a proporção de risco com base no capital dos bancos permanece sólida e aumentou de maneira geral, declínios do valor justo de ativos de renda fixa têm sido relevantes em relação ao capital regulatório em alguns bancos, avalia o BC.