Instituto Ifo reduz projeção de alta do PIB da Alemanha a 0,2%, com confiança fraca e incerteza

O instituto Ifo reduziu significativamente sua projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha este ano, com o argumento de que a confiança de empresas e famílias está fraca e que as incertezas permanecem elevadas. Em comunicado, o Ifo disse nesta quarta-feira esperar que o PIB alemão cresça apenas 0,2% em 2024. Em janeiro, o instituto já havia revisado para baixo sua projeção para este ano, de avanço de 0,9% para alta de 0,7%.

"Restrições de consumo, elevadas taxas de juros e aumentos de preços, além de medidas de austeridade do governo e a fraca economia global, estão prejudicando a economia da Alemanha e levando (o país) para outra recessão de inverno", disse o chefe de Departamento de Previsões do Ifo, Timo Wollmershäuser.

Para 2025, o Ifo projeta expansão mais forte da economia alemã, de 1,5%. Anteriormente, a previsão era de acréscimo de 1,3%.