Superávit primário de janeiro também é o maior para todos os meses da série histórica do BC

Além de ter apresentado o melhor resultado para meses de janeiro da série histórica do Banco Central, iniciada em dezembro de 2001, o superávit primário do setor público consolidado (Governo Central, Estados, municípios e estatais, com exceção de Petrobras e Eletrobras) de R$ 102,146 bilhões de janeiro deste ano é o maior saldo positivo mensal registrado pela autoridade monetária em qualquer mês desde que começou a atual compilação.

O saldo mais próximo ao divulgado pelo BC para janeiro deste ano havia sido exatamente há dois anos, quando houve um total positivo de R$ 101,833 bilhões.

O montante no azul do primeiro mês de 2024 ficou acima da mediana superavitária de R$ 98,30 bilhões apurada pela pesquisa do Projeções Broadcast.

O resultado, porém, ficou dentro do intervalo das estimativas de analistas do mercado financeiro, que apesar de serem todas superavitárias, iam de R$ 78,8 bilhões até R$ 105,3 bilhões.