Tarcísio sobre Emae: Acreditamos que vai ser uma privatização badalada, com muito sucesso

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, disse nesta segunda-feira, 11, que pretende concluir o edital da privatização da Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae) nos próximos dias, e que aposta num "leilão badalado" em abril.

Segundo ele, enquanto avança com a venda da empresa de energia do Estado, seu governo tem trabalhado para viabilizar a privatização da Sabesp, de saneamento, e que essa operação deixará um legado para São Paulo. "É um projeto maravilhoso, e de fato vamos poder comemorar daqui a alguns anos, o Rio Tietê despoluído, o Rio Pinheiros despoluído", afirmou ele durante evento CNN Talks, que acontece na capital paulista.

Em relação à participação do governo na Sabesp, Tarcísio afirmou que isso ainda não está definido.

Freitas comentou, ainda, que está focado em uma agenda de infraestrutura que envolve a licitação de rodovias, da Linha 3 da CPTM, entre outros. O governador também comentou que nos próximos dias deve avançar com o projeto do túnel que interligará Santos e Guarujá, uma parceria com o governo federal. "Chegaremos ao final do ano entregando esse presente para a Baixada Santista."