Argentina realiza programa de troca de dívida, para adiar pagamentos de 2024

O Ministério da Economia da Argentina conduz, entre a segunda-feira, 11, e esta terça-feira, 12, um programa de troca de dívida, com o objetivo de adiar pagamentos previstos para este ano. Em comunicado, a pasta detalhou os títulos elegíveis e também os novos instrumentos, estes com vencimentos em dezembro de 2025 e também para 2026, 2027 e 2028.

O texto oficial diz que a Secretaria de Finanças convida entidades do Estado Nacional, como o Fundo de Garantia de Sustentabilidade, entidades do setor público financeiro, como o Banco Central da República Argentina (BCRA) e o Banco de la Nación Argentina, a participar da operação de conversão dos títulos.

A oferta, além disso, está aberta a entidades do setor financeiro e não financeiro e a pessoas físicas e jurídicas, detalha a nota.

A operação compreende no total 15 títulos que vencem neste ano, ou mais de US$ 55 bilhões. O La Nación destaca que esta é uma das apostas do governo para aliviar a carga de juros e capital de curto prazo e fazer valer seus planos financeiros para o ano atual.

O jornal também aponta que a estratégia busca reduzir a carga de juros da dívida neste ano, com o objetivo de facilitar que se bata a meta de equilíbrio financeiro, e destaca que a troca está prevista para ser concluída ao final das operações do mercado financeiro desta terça-feira.