Precisamos esperar mais para tomar decisão certa sobre cortes de juros, diz Lane, do BCE

O economista-chefe do Banco Central Europeu (BCE), Philip Lane, disse que o BCE precisa esperar mais para tomar a decisão certa sobre eventuais cortes de juros. Em entrevista à CNBC transmitida nesta quinta-feira, 14, Lane afirmou que o BCE tem uma "visão bastante estável" de que a inflação da zona do euro está desacelerando para a meta oficial de 2%. Ele ressaltou, porém, que o banco precisa observar mais dados nas próximas semanas para ganhar confiança suficiente de que a inflação caminha para a direção certa.

Em fevereiro, a taxa anual de inflação ao consumidor do bloco europeu diminuiu para 2,6%.

Lane disse não se preocupar muito com a possibilidade de o BCE cortar juros nas reuniões de abril ou junho, mas ressaltou que o segundo trimestre é um período em que a instituição estará em melhor posição de avaliar mais dados sobre a dinâmica dos salários e de pressões de preços.

"Saberemos um pouco mais até abril, saberemos muito mais até junho", afirmou Lane. Há uma semana, o BCE deixou seus juros inalterados pela quarta vez consecutiva.