FMI investiga ataque cibernético que comprometeu contas de e-mail institucionais

O Fundo Monetário Internacional (FMI) está investigando um ataque cibernético que comprometeu 11 contas de e-mail institucionais, segundo comunicado divulgado nesta sexta-feira, 15. O FMI informou que as contas foram restauradas e que não há sinais de comprometimento além delas até o momento, mas o incidente segue sob investigação.

"O FMI sofreu um incidente cibernético recentemente, detectado em 16 de fevereiro de 2024. Uma investigação subsequente, com a ajuda de especialistas em segurança cibernética independentes, determinou a natureza do incidente e ações para remediá-lo foram tomadas", comunicou a instituição.