Linx: Vendas no e-commerce crescem 13,9% na Semana do Consumidor de 2024 ante 2023

As vendas online cresceram 13,9% entre os dias 8 a 13 de março - que fizeram parte da Semana do Consumidor - em comparação com o mesmo período do ano passado. O valor transacionado no comércio eletrônico foi 11% maior na mesma base comparativa, segundo levantamento da Linx, empresa do grupo StoneCo e especialista em tecnologia para o varejo, obtido com exclusividade pelo Broadcast,

Os itens mais buscados no e-commerce contemplam geladeira, ar-condicionado e celular. "As altas temperaturas ajudam a disparar a busca por ar-condicionado, comportamento que interfere diretamente nos preços. Já as geladeiras e os aparelhos de celular são normalmente mais caros. Por isso, os clientes aproveitam as datas de promoção, como o Dia do Consumidor, para tentar encontrar esses itens a preços mais acessíveis", afirma Guga Schifino, diretor da Linx/StoneCo.

Segundo Schifino, o Dia do Consumidor vem ganhando força no comércio brasileiro e ajuda a movimentar as vendas no primeiro semestre, já que, tradicionalmente, as principais datas do varejo, como Natal e Black Friday, ocorrem na segunda metade do ano. "Em média, 20% das marcas já realizam a semana do consumo, distribuindo as ofertas ao longo da semana. A data está longe de ser uma Black Friday, mas pode gerar uma receita maior frente a um dia comum, sendo uma ótima oportunidade para girar estoques e movimentar o caixa em um período morno nas vendas", pondera.

Além de eletrodoméstico e celular, a procura e venda de repelentes - que subiu 88,2% em fevereiro ante janeiro de 2024 - também chama a atenção, em um reflexo da epidemia da dengue. Desde o início do verão, o aumento na busca por esse tipo de produto chegou a 337%.